vieira, o conservador

depois de consulta madrugadora com o senhor que me baliza os apetites descubro-me chegado aos 80 quilos, valor de referência para gerações de gente que roça o metro e oitenta de altura. regresso a casa e embora esteja de folga estou a trabalhar, o que também é um clássico, passe a redundância. das colunas do pc (não há cá modernices da apple, daquelas sem cpu e a esbanjar desáine) brota o talking book do stevie wonder.
só me faltam os livros do rui ramos na estante e a lareira na sala mas suponho que a vizinha de baixo não queira ficar com o tecto em chamas. uma reaccionária, é o que ela é.

6 comments:

RicardoPM said...

P(p)arabéns pelos 80. E(e)stamos na mesma carruagem.
Q(q)uanto à tua crítica ácida aos A(a)pple, é injusta. D(d)igo-te que esses meninos duram-me muitos anos sem merdas, logo concluo que não preciso de comprar os costumeiros trienais pcs nem de os colocar nas mãosinhas das clínicas que por aí abundam.
A(a)cho mau andares por aí a denegrir a imagem da maçã. A(a)cho mau.

jorge said...

estás curado. a meus braços, que agora já corres risco de paneleirice.

LAM said...

aproveita e vai mas é mudar a areia à gata e deixa-te de frescuras. O Stevie Wonder, lindo nome, é cego mas tem nariz.

pedro vieira said...

a teus braços, se me ofereceres um mac

jorge said...

não sou teu velhote.

Isa GT said...

Pois eu já tive um que me tirou dos 82 e me pôs nos 60, entretanto já ninguém me conhecia, ficavam uns bons segundos a pensar quem eu era, depois começei eu a pensar porque é que havia de virar grilo e ainda o perigo, de vir a ser enterrada, esfomeada e em vez dos bichinhos me comerem a mim, ainda era eu que os comia a eles.Mandei a dieta às urtigas e já estou quase recuperada, nos 78.