irmaolucia no canal Q, tomo 2



no fundo é isto, com a cornucópia da abundância que é o josé jorge letria em primeiro plano, coitadinho.

13 comments:

marta morais said...

agradecida por pensares nos pobrezinhos que só têm 4 canais e é quando não chove. já agora a voz, és tu próprio?

Suzana said...

estás no teu melhor!

Anonymous said...

Um abraço grande,
LG

Anonymous said...

oh irmão, você tá quase famoso. a exposição atrai seguidores improváveis, que ainda o hão-de querer vêr num programa da TVI. por enquanto é bem que partilhes a tua rúbrica televisiva com o pessoal que não tem o canal Q... pois que, assim de repente, não conheço ninguém que saiba da existência do dito. ou serão tudo efeitos colaterias da alienação?
jabraços

G said...
This comment has been removed by the author.
G said...

Um comentariozinho ao Pedro, que prezo acima de muitos: enquanto te continuares a referir ao lugar onde moras como 'Conde Redondo', e não como 'Conde Redondo, em Lisboa' (acertei na cidade???), não conseguirei interpretar os tuas obras como mais do que humor 'local'. E para quem tem coluna na televisão e moradia em blogues 'nacionais', isso é fraquinho.

Um abraço

LAM said...

marta morais,
Posso adiantar em 1ª mão que a voz é de Rui Pedro Soares, aquele gajo da PT, do Tagus Park, do PS e do Figo. Diz que o canal enterrou o ouro todo nessa contratação mas o resultado compensou.

marta morais said...

Pois tenho pra mim, LAM, que se ele fosse ao falaescreveacertaganha levava uma abada dos alunos da EB 2,3 de Milheirós de Poiares, derivado a isso acho que não merece o prémio de produtividade.
Mas gostei da música do genérico.

pedro vieira said...

se houver outro conde redondo no país corto já o braço direito

G said...

Continuo a não saber quem é esse tal de Conde e se será realmente Redondo. Juro que vou passar a escrever artigos começando com 'ia eu nas Portas Fronhas' e acabando com 'isto, mesmo nas barbas do Alto de Pegas'. Juro pelo braço do pedro vieira

RC said...

5 estrelas!

Mas porque tenho sempre de ranhosar: concordo com o/a G. Podemos ser de Lisboa entre os amigos, mas nunca na comunicação social.

Abraço

Ricardo said...

Esta coisa de acompanharmos o desenho enquanto te(?) ouvimos é muito distracting. Obriga-me sempre a ver isto duas vezes.

Rita Oliveira Dias said...

Pois, a locução não encanta...mas tudo o resto está muito bem. Parabêns pela estreia :)

Rita